Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

2º Encontro de Blogueiras do Centro-Oeste Paulista

Imagem
Olá meninas, olá meninos, olá internet!   No começo do ano foi realizado em Bauru/SP o primeiro encontrinho de blogueiras do Centro-Oeste paulista. Tem vlog no canal, clique aqui e assista só não deixa de se inscrever hein!   Foi uma ótima tarde na qual podemos entrar em contato com outras blogueiras e trocar experiencias alem de se conhecer. Sempre bom ter por perto pessoas com interesse em comum e que faz o mesmo que você.   Organizado por Alessandra Trindade, Beatriz Bernardi, Letícia Arruda e apoio a Two Pixels a segunda edição do encontro entre blogueiras acontecerá no dia 17 de julho às 14 hrs dessa vez em Marília/SP.   O ponto de encontro é a Praça da ENDURB, Av. das Esmeraldas. Blogueiras levem suas câmeras para gravar vlogs e podem levar comidinhas também, mas faça sua parte e recolha seu lixo. Para mais informações entre no evento (clique aqui) e confirme presença!   Muitas meninas não conseguiram ir no primeiro por ser em Bauru, então se você conhece alguma blogueira de M…

Eu uso: Batom Liquido Terracota - Max Love

Imagem
Olá meninas, olá meninos, olá internet!   Eu estava louca atrás de um batom liquido mate que deixa esse efeito lindo na boca! Eu queria um tom amarromzado e então comprei o Terracota da Max Love.   Ele tem uma duração muito boa. Eu que saio bastante ele durou o role (a festinha) quase todo.   Eu não achei que ele seca tão rápido assim, mas eu não sou tão paciente.    Uma coisa que eu sou super apegada é o cheirinho do produdo e (pra mim) ele tem cheiro de chiclete, uma delicia!   Importante manter os lábios hidratados para que o batom não craquele (descasque) quando secar.   Qual a sua cor preferida de batom? Já usou batom mate liquido? Me conta nos comentários!
  Dois beijos!


Cultura do estupro: o que é?

Imagem
Resumida e chulamente falando a cultura do estupro é acreditar que fazer piadas com estupro é uma coisa legal, é aceitar e divulgar a ideia de que assédio é legal, é culpar a vitima e inventar pretextos para culpa-la.
  É denominada cultura do estupro, pois certos hábitos estão inseridos em nossa educação e na maneira como nos dizem para agir desde sempre. como por exemplo, os meninos são ensinados que devem "mexer" com as meninas na rua para provar sua masculinidade e as meninas são ensinadas que serão julgadas por suas roupas.   O estupro é um fato quando a vitima não está de acordo com o ato ou não está em condições ara avaliar a situação. Independente da história de vida e do sexo de quem sofreu este tipo de violência se ela disse 'não' é estupro; se ela estava desacordada é estupro; se ela estava sobre efeitos de remédios, álcool ou drogas é estupro.
  A violência vai além da física, uma "experiência" tão desagradável e intensa quanto o estupro se torna…